A primeira coisa que você precisa ter para se tornar uma pessoa organizada é VONTADE.
 
Na verdade é uma condição essencial pra tudo na vida.
 
Porque não há fórmulas mágicas na organização, tem que ter esforço, trabalho, critérios, ferramentas e perseverar dia após dia.
 
E vale a pena? 
 

blog-como-ser-uma-pessoa-organizada

 
Muito!!! Pois junto com a organização vem também a produtividade e os dias melhoram muito em qualidade.
 
Você começa a perceber que rende muito mais, você sabe onde deixou suas coisas, deixar de perder compromissos e as tarefas fluem! 
 
É libertador!
 
E como organização tem tudo a ver com produtividade, para esse post me inspirei no tema “Os seis princípios da produtividade” do Livro Quanto Menos Melhor do autor Leo Babauta.
 
Vamos lá?
 
1. ESTABELECER LIMITES
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Limites são muito importantes e existem para nortear nosso dia e nossa vida: limite de tempo, limite de espaço, limite de capacidade, limite de saúde, etc.
 
Então para se organizar crie limites e siga-os.
 
Você quer começar a estudar inglês? Quanto tempo você tem disponível? Qual distância até o local? Qual curso é ideal pra você? Qual seu orçamento? 
 
Tudo isso são limites que você tem que considerar.
 
Seu novo guarda-roupa tem um cabideiro com 1 metro de extensão e você tem 198 cabides de roupas do guarda-roupa antigo… esquece, não vai caber. Aí entra o limite de espaço. 
 
Quer correr uma maratona daqui uma semana, mas faz dois anos que você não sobe nem escada? Vai ser complicado… limite de saúde! 
 
Amanhã você vai ter uma folga do trabalho e quer organizar a casa toda, fazer faxina, ir ao supermercado, levar as crianças pra passear e ainda cortar o cabelo!?
Só sendo super herói... Ou fazendo tudo de qualquer jeito só pra falar que fez.
 
Aí vem ansiedade porque quer fazer tudo num dia e frustração depois porque não deu tempo.
 
Só você conhece seus limites.
 
Então mais uma vez: para se organizar estabeleça limites e siga-os.
 
2. ESCOLHER O ESSENCIAL
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Vamos voltar no seu dia de folga do exemplo anterior.
 
Você quer organizar a casa toda, fazer faxina, ir ao supermercado, levar as crianças pra passear e ainda cortar o cabelo!!
 
O que é essencial disso tudo? O que é mais importante? Precisa por na balança.
 
Se a faxina é primordial pra você fazer no seu dia de folga, será que as crianças não podem ir passear com os avós?
 
Se você já anda com saudade de passear com elas, que tal contratar uma faxineira dessa vez?
 
Você já sabe que o dia tem limite de tempo.
 
Cabe a você avaliar e escolher o essencial dentro desse limite de tempo. Avalie com calma, estude as várias opções , considere todos os envolvidos nas suas ações.
 
Se for algo material, como um guarda-roupa cheio, o critério é o mesmo. Mantenha somente o que é essencial: as roupas que você usa, as que você gosta, que ficam bem em você. O restante destine da melhor forma. 
 
Escolher o essencial nesse caso é ter um guarda-roupa prático e funcional.
 
3. SIMPLIFICAR
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Parece fácil né? Mas às vezes fazemos caminhos longos para algumas ações e nem percebemos, e isso atrapalha muito a organização e produtividade.
 
Torne mais simples tudo o que você puder, desde ações até seus ambientes, assim vai poupar seu tempo precioso.
 
Imagine que você precise criar uma planilha no trabalho em 30 minutos para uma reunião de última hora, mas resolve fazer de um jeito diferente que aprendeu há pouco tempo. 
 
E aí você percebe que o trabalho desandou todo, porque como você não lembrava bem como fazia, o resultado final ficou péssimo e você terá que refazer as pressas do jeito antigo mesmo. E aí vem aquele stress por causa do prazo apertado e você acaba se atrasando e prejudicando a reunião. E estraga seu dia por isso.
 
Sua intenção foi boa, você quis fazer seu melhor, só que não era o momento de inovar. Era o momento de simplificar.
 
Outra situação: 
 
Você organizou sua cozinha e separou um monte de coisas que você não quer mais. 
 
Mas no seu ponto de vista são coisas tão bacanas que poderiam ficar na família mesmo e então você resolve descobrir quem quer suas coisas…
 
E oferece pra uma prima aqueles conjunto de potes, pra um tio o abridor de garrafas, sua amiga quer ficar com o liquidificador, mas aí sua irmã também quer… e aí fica aquele clima.
 
Pra piorar resolvem retribuir te dando umas coisinhas também.... e as coisas vão se complicando porque a sua tia descobre que você tá dando as toalhinhas que ela te deu há cinco anos embora!!
 
Então pense: vale a pena?
 
Além de você gastar seu tempo, ainda põe em risco o relacionamento com as pessoas.
 
Doe tudo para uma instituição de sua confiança e pronto. 
 
Não complique, simplifique. 
 
4. MANTER O FOCO
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Com tanta informação que recebemos hoje em dia, com tantos afazeres em casa, tantos compromissos externos, estudos, filhos, trabalho, etc etc etc fica realmente difícil manter o foco.
 
Mas é primordial! Questão de treino diário. 
 
Manter o foco depende muito do seu poder de concentração no que está fazendo e na capacidade de negociar com quem te “atrapalha”, sejam os outros, seja você mesmo.
 
Avalie no seu dia as coisas ou pessoas que tiram seu foco. 
 
Pense nas alternativas que poderiam reduzir isso e vai aplicando todas até achar a melhor para resolver essa questão.
 
Você tá fazendo o jantar e seu filho quer porque quer aquele carrinho miniatura azul e preto que ele não sabe onde deixou. 
 
Sei que é difícil resistir a isso, mas o foco é o jantar.
 
Com todo seu amor e firmeza, diga que agora não pode, que é pra ele brincar com outra coisa e pronto.  
 
Se você manter o foco em preparar o jantar, vai ganhar tempo pra brincar com ele depois. 
 
Agora, se quem te atrapalha é você mesmo… hum… é preciso mudar! Imagina só, você tá cozinhando (ainda) e chega mensagem no seu celular. 
 
Você larga tudo e vai checar o que é. Chega outra e lá vai você de novo!
 
E assim você leva 2 horas pra preparar a comida e depois diz que não tem tempo pra nada, que a vida tá corrida, etc. 
 
Desse jeito não dá... desligue o celular ou ignore-o, o foco nesse momento é cozinhar! Além do mais, as mensagens vão continuar lá!
 
Em tudo na vida é preciso ter foco, tenha isso em mente.
 
5. CRIAR NOVOS HÁBITOS
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Procure criar novos hábitos que te levem a ser uma pessoa organizada, como:
 
#Ter uma agenda e consultá-la;
 
#Fazer um planejamento do seu dia, da semana, do mês, da vida;
 
#Executar o que foi planejado com equilíbrio e discernimento;
 
#Avaliar sempre o que pode melhorar entre planejamento x execução;
 
#Ser pontual em seus compromissos;
 
#Evitar o acúmulo de roupas, documentos, objetos;
 
#Buscar ferramentas que te ajudem na sua organização.
 
Um hábito leva um tempo pra se consolidar, cerca de um mês em média.
 
Então, tenha paciência para que as coisas aconteçam no tempo certo e não no tempo que você quer.
 
E resiliência para se adaptar às mudanças com flexibilidade.
 
6. COMEÇAR COM POUCO
 
blog-como-ser-uma-pessoa-organizada
 
Sempre que nos animamos pra começar alguma coisa nova, queremos fazer tudo de uma vez, queremos aprender logo, fazer mudanças radicais, enfim, mas não é por aí.
 
Como falei antes, isso só vai causar ansiedade e frustração.
 
Comece com pouco.
 
No caso dos hábitos, escolha um e cumpra à risca durante todo o mês. Você vai sentir a hora que isso já fizer parte do seu dia a dia e de você. 
 
Então escolha outro hábito e implemente no seu dia a dia. Depois outro, e outro...
 
É como dirigir: no começo você tem que pensar em cada marcha que troca, nos retrovisores, nos pedais, no caminho, no trânsito. Parece tanta coisa junta, mas depois se torna automático.
 
Com o hábito é a mesma coisa.
 
Vai organizar a  casa? 
 
Comece com pouco: um ambiente por vez ou um móvel do ambiente por vez ou até mesmo uma única gaveta. 
 
O importante é começar, mas começar aos poucos, afinal ninguém muda da noite para o dia.
 

blog-como-ser-uma-pessoa-organizada